Fator Alimentação – Princípios da Longevidade Saudável

As pesquisas comprovam que a boa alimentação tem um papel fundamental no envelhecimento saudável. Há milhares de anos, Hipócrates já afirmava: “que teu alimento seja teu remédio e que teu remédio seja teu alimento”. A alimentação saudável envolve a escolha de alimentos não somente para manter o peso ideal, mas também para garantir uma saúde plena.
A boa alimentação contribui para a melhora no sistema imunológico, na qualidade de sono, no trânsito intestinal, no humor, na capacidade de concentração.
A alimentação saudável é a INGESTÃO DE ALIMENTOS NATURAIS EM NOSSAS REFEIÇÕES DIÁRIAS. Nessa é necessário a absorção de açúcares, carnes, ovos, hortaliças, frutas, legumes, leite, óleos, massas, raízes e tubérculos. A quantidade necessária para a alimentação saudável varia para cada organismo já que é levado em consideração a altura, a idade, o peso, e a saúde de cada indivíduo, além das atividades físicas praticadas pelo mesmo.
Uma alimentação saudável deve ser:
•Variada: que inclui vários grupos alimentares, a fim de fornecer diferentes nutrientes.
•Equilibrada: respeitando o consumo adequado de cada tipo de alimento.
•Suficiente: em quantidades que atendam e respeitem as necessidades de cada pessoa.
•Acessível: baseada em alimentos in natura, produzidos e comercializados regionalmente.
•Colorida: quanto mais colorida é a alimentação, mais adequada é em termos de nutrientes.
•Segura: os alimentos não devem apresentar contaminantes de natureza biológica, física ou química ou outros perigos que comprometam a saúde do indivíduo ou da população.
A alimentação desregrada, rica em gorduras, sal e açúcares, pobre em verduras, legumes e frutas, pode causar muitos problemas de saúde, entre eles a obesidade, anemia, diabetes, hipertensão e até câncer.
A rotina e a correria do dia a dia levam a população a se alimentar seguindo aquilo que de mais fácil acesso é encontrado nas lanchonetes, supermercados e outros estabelecimentos comerciais. Grande parte do perigo está aí.
É preciso unir esforços para promover estilos de vida saudáveis. Parcerias entre o setor público e privado são necessárias. Campanhas de educação alimentar devem ser realizadas pelos profissionais competentes, entre outras ações.
Querendo ajudar a população a se alimentar melhor, o governo, por meio da Coordenação-Geral de Política de Alimentação e Nutrição (CGPAN), desenvolveu o Guia Alimentar para a População Brasileira. Esse guia detalha orientações a respeito de alimentos, nutrientes, hábitos saudáveis, incidência de doenças relacionadas à alimentação e outros assuntos, sendo bastante abrangente e completo. (disponível na internet, localizar em sites de pesquisa)
E, a partir desse entendimento inicial sobre a importância de melhorar nossos hábitos alimentares, vamos começar aqui a apresentar informações relevantes sobre os alimentos e seus benefícios ou malefícios para a saúde, para que dessa forma você que me acompanha nas mídias possa fazer escolhas inteligentes.
#longevidadesaudável
#escolhabemseusalimentos
#medicinaintegrativa

Fator Alimentação – Princípios da Longevidade Saudável

Artigos relacionados