TPM ou TDPM? Entenda a diferença.

Perdeu a entrevista de ontem, na rádio CBN? Não sabe a diferença da TPM e da TDPM? Então fique por dentro aqui ou acessando o link que está agora disponível na BIO.

A TPM e a TDPM formam o que hoje conceitua-se a SÍNDROME PRÉ-MENSTRUAL.
Para a maioria das mulheres, a tensão pré-menstrual é uma parte desagradável, mas suportável do ciclo de cada mês. É o período que antecede a menstruação e que pode ser acompanhado de alguns sintomas psicológicos e físicos, como ansiedade, humor depressivo, inchaços pelo corpo, problemas de concentração e dores de cabeça.
A principal causa da SÍNDROME PRÉ-MENSTRUAL é a alteração hormonal que interfere no sistema nervoso central. Os níveis de endorfina e os neurotransmissores, tais como a serotonina, ficam alterados, já que o corpo da mulher passa por transformações durante o período fértil e depois passa por outra mudança quando o óvulo não é fecundado.
Mediante as manifestações clínicas, a TPM pode ser classifica basicamente em tipo 1 (TPM), com sintomas de ansiedade e alterações de humor; e a TDPM (tipo D), com sintomas depressivos e físicos mais severos, com a oscilação do humor como manifestação mais perturbadora e que pode prejudicar a rotina da mulher, sua vida pessoal e profissional. Seria uma super TPM.
O que costuma chamar a atenção ao ver uma mulher nesta condição é a quantidade de tempo que leva até que ela seja levada a sério. TPM e TDPM não são “mimimi”. Já pensou o quão aliviada ela se sente quando finalmente alguém lhe oferece tratamento adequado, seguro e eficaz?
Para diagnostico é preciso uma avaliação médica minuciosa e o tratamento pode incluir uso de anticoncepcionais, antidepressivos, além de inúmeras vitaminas, minerais e aminoácidos, que quando ministrados de maneira criteriosa, podem abolir os desagradáveis sintomas. Além disso, uma dieta bem planejada e a prática de atividades físicas também são excelentes aliados.

Agende sua consulta avaliativa se você sofre com a SÍNDROME PRÉ-MENSTRUAL e conheça os protocolos exclusivos, extraídos da medicina integrativa e ortomolecular.

TPM ou TDPM? Entenda a diferença.

Artigos relacionados