A queda da testosterona e seus danos

A testosterona é um hormônio esteroide (formado a partir do colesterol) essencialmente masculino, mas importantíssimo na mulher também, apesar delas produzirem 20 a 30 vezes menos do que os homens. Baixa libido, fadiga e depressão estão entre os principais sintomas da baixa testosterona em mulheres.

Após a menopausa a produção total de testosterona cai drasticamente, mas continua sendo produzida em menor quantidade pelas adrenais (glândulas supra renais) . Mas, não é apenas a mulher no pós-menopausa que tem que ter seus níveis hormonais dosados. A queda deste hormônio pode ocorrer nas mais diversas idades, causado por: insuficiência adrenal; uso de anticoncepcionais hormonais; retirada dos ovários – ooforectomia (cirúrgica, química, pós-radioterapia); insuficiência parcial dos ovários em produzir testosterona; medicamentos como anti-depressivos, estatinas para abaixar o colesterol, estrogênios, anti-androgênios e glicocorticoides; falência ovariana prematura – MENOPAUSA PRECOCE; anorexia nervosa;  artrite reumatoide, Lupus, entre outros fatores.

O estresse, o sedentarismo, o uso de anticoncepcionais e a alimentação irregular são alguns fatores que levam à diminuição da testosterona em mulheres jovens na atualidade, gerando sintomas como fadiga, falta de libido, ganho de peso e dificuldade no ganho de massa muscular.

A testosterona em níveis ideais traz inúmeros benefícios. A mulher se sente mais disposta no dia a dia e também para praticar atividade física, leva ao aumento da massa muscular, melhora libido sexual, ajuda a emagrecer, eleva capacidade de memória, tem efeito antidepressivo, efeito cardioprotetor e aumenta massa óssea.

A terapia de reposição hormonal é muito efetiva para tratar a falta ou diminuição dos hormônios do nosso organismo. O recomendado é fazer exames para ver como estão os níveis hormonais a cada semestre, e junto com seu médico verificar as doses de hormônios necessários para um adequado balanceamento hormonal.

Agende uma consulta!

A queda da testosterona e seus danos

Artigos relacionados